sábado, 13 de agosto de 2011

Chegamos a Veneza


Eu e minha filha Luciana com estátuas vivas venezianas

Após 4 dias na belíssima Roma, fomos para a não menos bela Veneza.
Eu já a conhecia, fomos em 2007, meu marido, eu e o casal de amigo, mas nos dirigimos para lá de carro e nos hospedamos na vizinha cidade de mestre, em um hotel.
Dessa vez fomos de trem (Eurostar) de Roma diretamente a Veneza. Foi uma ótima viagem, com direito até a um bom chimarrão, o que chamava a atenção dos outros passageiros.
Quando descemos na estação de Veneza tomamos um táxi-barco até o apartamento que havíamos alugado pela Internet. Quando descemos na parada do barco próxima a nossa morada em Veneza, "arrastando as malas", confesso que fiquei um pouco apreensiva.
Era um local de sobrados antigos (comum em Veneza) e aparentemente mal conservados externamente, ruelas desertas, muito diferente da Veneza que eu havia conhecido há 4 anos, pois na verdade constatei que conhecia muito pouco, da outra vez só nos detivemos nos locais absolutamente de comércio e turismo, como por exemplo Piazza de S. Marcos, famoso pelas pombas, Catedral e bares, restaurantes e comércio de artigos de grandes marcas.
Externamente o prédio era muito velho, mas pela aparência da porta e das janelas, dava para se observar que havia sofrido uma reforma recente. Quando os proprietários abriram a porta de entrada do prédio me surpreendi. Era um pequeno edifício, extremamente moderno, limpo e com "cara de novinho". A esposa do proprietário nos recebeu amavelmente. Arrisquei meu "micro-vocabulário" de italiano, acho que me sai bem!
Ela dirigia-se a mim respondendo minhas simples e pré-estudadas perguntas, eu também entendia o que ela queria dizer nas sua respostas. Valeu a pena apenas o 1º semestre do curso de italiano que comecei esse ano.....
O apartamento ficava no último piso, na verdade no "sottoteto" (abaixo do telhado), tinha um pouco de escadas, mas não era "um exagero", o problema eram as "malas" (ainda vou apreender a viajar só de mochila!), mas subimos. Adoramos o local, era limpo, bem equipado, muito bom para poucas noites, já que naqueles belos dias ficávamos nas ruas e canais de Veneza.
Não vou descrever o apartamento, confiram abaixo algumas imagens.









Continuarei em outra postagem a escrever sobre Veneza.

Nenhum comentário: