sábado, 6 de julho de 2013

Chuva no sítio, às vezes, até que é muito bom!

Amanheceu. Estamos aqui num sábado de inverno, 06 de julho, são quase 08 horas da manhã. Poderíamos dormir mais, mas um discreto barulho de chuva que vem da janela do quarto de dormir, me desperta. Olho para o marido que parece estar ainda dormindo. Fico contemplando meu parceiro de tantos dias, tantas noite,,,Ai escuto sua voz dizendo: O quê olhas em mim? Respondo: Tudo. Sai uma gargalhada mútua, um abraço e um beijo.
Começa nosso sábado. Café passado na hora na moca (cafeteira italiana), pão, iogurte, frios e suco, além de alguns medicamentos pois com quase 60 anos já necessitamos!
Depois, enquanto o parceiro toma "seu sempre" banho matinal, preparo nosso chimarrão. Hoje não dá para tomá-lo na varanda externa, está úmido e chuvoso. Não importa, nossa sala cozinha é muito acolhedora.
Nosso caseiro se apresenta, coloco um DVD de música regionalista que ele tanto aprecia.
É hora de ir a pequena cidade vizinha ao sítio, comprar ração para os animais, recauchutar o pneu do carrinho de mão e comprar pães (o marido adora o pão de Morro Redondo). Hoje não sou parceira dessa ida, optei por seguir no chimarrão assistindo um DVD de músicas italianas antigas, que delícia!
Arrumar a cama, colocar as bombachas, varrer a casa e dar andamento ao almoço, mas no fundo a música italiana segue tocando, "Dio come ti amo"....
A manhã voa...... é hora do almoço. Registro algumas imagens dessa manhã. Bom sábado aos meus poucos leitores.













2 comentários:

Arceli disse...

Fico muito feliz de receber noticias de vcs. estas fotos são lindas tuas palavras mais ainda, amos mioto vcs. bjos.

Ana disse...

A vida pode ser tão boa. Te ler me dá esta certeza.